Cereja do Topo, por Lorena Gonzalez.

Contrato nupcial
23 de setembro de 2017 às 12:27 AM | por Lorena Gonzalez Leal.
Casa comigo, menina,
e eu te faço cafuné toda noite pra dormir,
canto baixinho no seu ouvido
não deixo a chuva te incomodar.

Casa comigo, menina,
e eu te encho de mimo noite e dia,
te faço companhia
não deixo nada faltar.

Casa comigo, menina,
e eu cuido de todas as tuas feridas,
acompanho as tuas lutas
serei seu tiro certeiro.

Casa comigo, menina,
que eu acolho as tuas dores,
abraço os seus defeitos,
te amo te corpo inteiro.

0 comentários


Crise existencial não combina com yakisoba
5 de setembro de 2017 às 10:25 PM | por Lorena Gonzalez Leal.
Liga o rádio
esquenta o prato
senta no sofá

uma taça de vinho
o chocolate pra acompanhar
um filme em preto e branco

0 comentários

Posts antigos. | Posts mais novos.
Lorena.

Paranaense, estudante de moda, escorpiana, chocólatra, impaciente, curiosa, desorganizada, ansiosa. Eu tenho um macaco azul e um sapo de aparelho, nunca tive amigos imaginários e no dia da Toalha eu levo a minha para todos os lugares. Dou risada em filme de terror, adoro cama-elástica, algodão doce e maçã do amor, acho divertido subir em árvores. Adoro escrever... Não me atreveria jamais a escrever um poema, sei que meu lugar é a prosa, o verso eu deixo pra quem quiser.

Sobre o blog.

"Escrevo por não ter nada a fazer no mundo: sobrei e não há lugar pra mim na terra dos homens. Escrevo porque sou um desesperado e estou cansado, não suporto mais a rotina de me ser e se não fosse a sempre novidade que é escrever, eu me morreria simbolicamente todos os dias. Mas preparado estou para sair discretamente pela saída da porta dos fundos. Experimentei quase tudo, inclusive a paixão e o seu desespero. E agora só quereria ter o que eu tivesse sido e não fui."




Agradecimentos.

Skin:Júlia Duarte.
Basecode:Jaja
Best view:Google Chrome