Cereja do Topo, por Lorena Gonzalez.

Precisa-se de mais
22 de novembro de 2011 às 8:36 PM | por Lorena Gonzalez.
Preciso de novas comidas, as antigas já não me sustentam. Preciso de novas mentiras, as antigas já não enganam. Preciso de novas línguas, as antigas já não me traduzem. Preciso de novos livros, os antigos já não me contemplam. Preciso de novos olhares, os antigos já não me enxergam. Preciso de novos esconderijos, os antigos já não me ocultam. Preciso de novas comidas, as antigas já não me traduzem. Preciso de novas mentiras, as antigas já não me sustentam. Preciso de novas línguas, as antigas já não me enganam. Preciso de novos livros, os antigos já não me ocultam. Preciso de novos olhares, os antigos já não me contemplam. Preciso de novos esconderijos, os antigos já não me enxergam. Preciso de novas comidas, as antigas já não me ocultam. Preciso de novas mentiras, as antigas já não me contemplam. Preciso de novas línguas, as antigas já não me sustentam. Preciso de novos livros, os antigos já não me enxergam. Preciso de novos olhares, os antigos já não me traduzem. Preciso de novos esconderijos, os antigos já não me enganam.

1 comentários


Precisa-se
19 de novembro de 2011 às 4:25 PM | por Lorena Gonzalez.
Preciso de amigos novos, os antigos já se cansaram. Preciso de roupas novas, as antigas já não servem. Preciso de distrações novas, as antigas já não me distraem. Preciso de músicas novas, as antigas já não são dançáveis. Preciso de lugares novos, os antigos já não me comovem. Preciso de filmes novos ou antigos, os já vistos não me emocionam. Preciso de amigos novos, os antigos já não me distraem. Preciso de roupas novas, as antigas já não são dançáveis. Preciso de distrações novas, as antigas já cansaram. Preciso de músicas novas, as antigas já não me emocionam. Preciso de lugares novos, os antigos já não servem. Preciso de filmes novos ou antigos, os já vistos não me comovem. Preciso de amigos novos, os antigos já não servem. Preciso de roupas novas, as antigas já não me comovem. Preciso de distrações novas, as antigas já não me emocionam. Preciso de músicas novas, as antigas já não me distraem. Preciso de lugares novos, os antigos já cansaram. Preciso de filmes novos ou antigos, os já vistos não são dançáveis.

2 comentários

Posts antigos. | Posts mais novos.
Lorena.

Paranaense, estudante de moda, escorpiana, chocólatra, impaciente, curiosa, desorganizada, ansiosa. Eu tenho um macaco azul e um sapo de aparelho, nunca tive amigos imaginários e no dia da Toalha eu levo a minha para todos os lugares. Dou risada em filme de terror, adoro cama-elástica, algodão doce e maçã do amor, acho divertido subir em árvores. Adoro escrever... Não me atreveria jamais a escrever um poema, sei que meu lugar é a prosa, o verso eu deixo pra quem quiser.

Sobre o blog.

"Escrevo por não ter nada a fazer no mundo: sobrei e não há lugar pra mim na terra dos homens. Escrevo porque sou um desesperado e estou cansado, não suporto mais a rotina de me ser e se não fosse a sempre novidade que é escrever, eu me morreria simbolicamente todos os dias. Mas preparado estou para sair discretamente pela saída da porta dos fundos. Experimentei quase tudo, inclusive a paixão e o seu desespero. E agora só quereria ter o que eu tivesse sido e não fui."




Agradecimentos.

Skin:Júlia Duarte.
Basecode:Jaja
Best view:Google Chrome